top of page
  • Foto do escritorCarolina Philippi

All Denim: da classe operária aos dias de hoje

Atualizado: 4 de nov. de 2021


Todo mundo tem mais de uma no guarda-roupa. A nossa queridinha calça jeans carrega com si muita história e é mais antiga do que realmente parece ser.

Apesar de boa parte das pessoas imaginarem que o jeans teve origem nos Estados Unidos, a grande realidade é que o material teve seu surgimento na França em 1792. O material por sua vez era utilizado para a confecção de roupas para trabalhadores do campo ou marinheiros italianos. Diferente de outros materiais, o jeans não necessitava de muita manutenção, sendo a opção perfeita para quem precisava de durabilidade e praticidade.

Foi durante 1853 que Levi Strauss criou o modelo 501, uma calça clássica com três bolso e coloração marrom. A peça começou a cair no gosto da população e foi um grande sucesso entre a classe trabalhadora.

Em 1930 a peça se tornou mundialmente conhecida com os filmes hollywoodianos de faroeste. Com a Segunda Guerra Mundial, o conceito de virilidade masculina veio à tona e o denim ganhou ainda mais destaque entre o público masculino, já que era utilizado pelos soldados do exército norte-americano.

Na década de 1960, o modelo mais requisitado ainda era o 501. Acessível e sem distinção social, a peça era usada desde a classe operária aos astros do cinema, como Marilyn Monroe, Marlon Brando e Audrey Hepburn.

Durante a década de 1970, a peça foi repaginada e ganhou um novo visual. Este foi o grande momento da calça boca de sino, que marcou presença, principalmente, no movimento hippie e no festival de Woodstock.

Desde então, esse item entrou para ficar nos ares descolados do seu ‘outfit’.




4 visualizações0 comentário

Yorumlar


bottom of page